Hospital Dom Malan

Hoje, o hospital, de atendimento materno-infantil, realiza, em média, 600 partos por mês e cerca de 11 mil atendimentos na urgência e 5 mil no ambulatório

Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães

Com alto índice de resolutividade, a unidade recebe usuários de outros estados, devido à localização geográfica. Por mês, são cerca de 7 mil atendimentos

Hospital Regional Dom Moura

Localizado em Garanhuns, o Hospital Regional Dom Moura é referência para os 21 municípios que compõem a V Gerência Regional de Saúde (Geres), com seus mais de 500 mil habitantes. A unidade atende os casos de emergência nas especialidades de clínica médica e cirúrgica, obstetrícia com partos de alto risco, pediatria e ortopedia. Ao todo, são mais de 10,2 mil pessoas atendidas mensalmente apenas nesse setor.

 

Hospital Otávio de Freitas

Batizado inicialmente de Sanatório do Sancho, no bairro de Tejipió, a unidade é voltada para o tratamento de pacientes com tuberculose e outras doenças respiratórias. O hospital começou a ser construído ainda na década de 1940, durante o governo do interventor Agamenon Magalhães, mas só foi fundado em 1956.

 

Hospital Getúlio Vargas

Fundado há 62 anos, o Hospital Getúlio Vargas, no Cordeiro, é referência no Estado na área de ortopedia, realizando, mensalmente, mais de 2 mil atendimentos na emergência e outros 12 mil no ambulatório. Há mais de dez anos, o local é o único da rede estadual a contar com um programa de órtese e prótese, oferecendo à população cadeiras de rodas, de banho, muletas, próteses de membros inferiores e superiores, entre outros, além de possuir equipe multidisciplinar para o acompanhamento do paciente durante todo o período de adaptação aos dispositivos ortopédicos.
 

Hospital Geral de Areias

O Hospital Geral de Areias (HGA) surgiu, em 1980, como Posto de Assistência Médica 7, vinculado ao antigo Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (Inamps). Ele foi incorporado, em 1990, ao Estado, quando ganhou a atual denominação. Atuando em casos de baixa e média complexidade, o hospital realiza, mensalmente, cerca de 3,5 mil atendimentos na emergência clínica, 3 mil na emergência pediátrica, 950 na emergência odontológica e 3,5 mil consultas no ambulatório.

 

Hospital Belarmino Correia

Há mais de 90 anos, o primeiro prefeito do município pernambucano de Goiana recebeu uma homenagem, emprestando o nome ao Hospital Berlarmino Correia. Na época da inauguração, em 28 de dezembro de 1924, o governador era Sérgio Loreto. Pertencente à rede pública estadual, o hospital atende os usuários residentes em Goiana (sede e distritos) e nas cidades adjacentes como Condado, Itaquitinga, Aliança, Camutanga, Itambé, Timbaúba, Macaparana, e as cidades de Pitimbú e Caapora ambas pertencente ao estado da Paraíba.

 

Subscrever RSS - Gastroenterologia