Hospital São Sebastião

Em 2018, um dos maiores bens imateriais de Caruaru teve suas portas reabertas, beneficiando a população de toda a região do Agreste. Fechado desde 2004, quando fortes chuvas interditaram o serviço, o Hospital São Sebastião (HSS) foi reinaugurado no final de agosto de 2018.Destinado a atuar como unidade de retaguarda, recebe os pacientes encaminhadospelos hospitais de alta complexidade da região, principalmente do Hospital Regional do Agreste (HRA). Ao todo, foram investidos mais de R$ 10 milhões nos equipamentos, reforma e qualificação. 

Hospital São Sebastião

Em 2018, um dos maiores bens imateriais de Caruaru teve suas portas reabertas, beneficiando a população de toda a região do Agreste. Fechado desde 2004, quando fortes chuvas interditaram o serviço, o Hospital São Sebastião (HSS) foi reinaugurado no final de agosto de 2018. Destinado a atuar como unidade de retaguarda, recebe os pacientes encaminhados pelos hospitais de alta complexidade da região, principalmente do Hospital Regional do Agreste (HRA). Ao todo, foram investidos mais de R$ 10 milhões nos equipamentos, reforma e qualificação.

Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães

Com alto índice de resolutividade, a unidade recebe usuários de outros estados, devido à localização geográfica. Por mês, são cerca de 7 mil atendimentos

Hospital Regional Fernando Bezerra

A população do sertão do Araripe, em Pernambuco, encontra suporte do Sistema Único de Saúde (SUS) no Hospital Regional Fernando Bezerra, localizado no município de Ouricuri.  O hospital de média complexidade é referência em atendimento de Urgência e Emergência, embora também realize atendimentos na área de Atenção Básica. 

 

Hospital Regional Inácio de Sá

A posição geográfica do Hospital Regional Inácio de Sá, inaugurado em 11 de março de 1991, o leva a abranger uma população maior do que a dos sete municípios ligado à VII Gerência Regional de Saúde, que administra a região. Localizada em Salgueiro, a unidade de saúde recebe pessoas tanto de cidades como Cabrobó, cuja assistência é da VIII Geres, quanto de Paulo Afonso, cidade fronteiriça com Bahia. 
 
 
 

 

 

Hospital Regional Ruy de Barros Correia

O Hospital Regional Ruy de Barros Correia fica localizado em Arcoverde, no Sertão do Moxotó de Pernambuco.  A unidade, de média complexibilidade, atende aos 13 municípios da VI Gerência Regional de Saúde, além de outros municípios vizinhos, como Pesqueira e Belo Jardim. É referência em assistência materno-infantil na Região.

 

Hospital Getúlio Vargas

Fundado há 62 anos, o Hospital Getúlio Vargas, no Cordeiro, é referência no Estado na área de ortopedia, realizando, mensalmente, mais de 2.700 atendimentos na emergência e outros 20 mil no ambulatório. Há mais de dez anos, o local é o único da rede estadual a contar com um programa de órtese e prótese, oferecendo à população cadeiras de rodas, de banho, muletas, próteses de membros inferiores e superiores, entre outros, além de possuir equipe multidisciplinar para o acompanhamento do paciente durante todo o período de adaptação aos dispositivos ortopédicos.
 

Hospital Jaboatão Prazeres

Quando começou a funcionar, o Hospital Geral de Jaboatão dos Guararapes Doutor Humberto Lins Barradas contava apenas com uma equipe de sete médicos trabalhando em regime de plantão. Ele foi fundado no dia 27 de março de 1990, pelo então governador de Pernambuco Miguel Arraes. Anos depois, após algumas reformas e ampliações, a unidade foi rebatizada como Hospital Jaboatão Prazeres e, finalmente, Hospital Jaboatão Prazeres.

 

Hospital Correia Picanço

Referência estadual para o tratamento de doenças infecto-contagiosas, especificamente Aids e meningite, o Hospital Correia Picanço começou a ser construído na década de 1930. Na época, a unidade dedicava-se ao tratamento de psicóticos e foi batizada de Pavilhão Gildo Neto, em homenagem ao primeiro residente de psiquiatria de Pernambuco.

 

Hospital Belarmino Correia

Há mais de 90 anos, o primeiro prefeito do município pernambucano de Goiana recebeu uma homenagem, emprestando o nome ao Hospital Berlarmino Correia. Inauguração em 28 de dezembro de 1924, a unidade pertence à rede pública estadual, atendendo os usuários residentes em Goiana (sede e distritos) e nas cidades adjacentes como Condado, Itaquitinga, Aliança, Camutanga, Itambé, Timbaúba, Macaparana, e as cidades de Pitimbú e Caapora ambas pertencente ao estado da Paraíba.

 

Subscrever RSS - Neurologia