Últimas do Blog

Encontro contou com a contribuição de cinco palestrantes referência em doenças raras

Equipamento de saúde funciona de segunda à sexta-feira

Atividades acontecerão no estacionamento interno da unidade a partir das 13h

Laboratório fabricará 100% do antipsicótico em duas apresentações

Aprovados já podem adiantar os exames

Estagiários terão carga horária diária de 4 horas

Publicações estão disponíveis para acesso

Gerência-Geral de Assuntos Jurídicos

Todas as ações do âmbito jurídico da Secretaria Estadual de Saúde (SES) são de competência da Diretoria de Assuntos Jurídicos. Ela analisa a legalidade dos atos e processos dos órgãos de saúde da rede estadual, e fica responsável pela análise prévia de editais, processos e dispensas de licitações. Além disso, avalia a inexigibilidade de licitação, quando um dos competidores possui qualidades exclusivas que o torna único, inviabilizando a competição.
 

Gerências Regionais de Saúde

 

Para apoiar todos os 184 municípios de Pernambuco mais a ilha de Fernando de Noronha, foram criadas as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres). Cada uma dessas unidades administrativas da Secretaria Estadual de Saúde é responsável por uma parte das cidades, atuando de forma mais localizada na atenção básica, na reestruturação da rede hospitalar, nas ações municipais, no combate à mortalidade infantil e às diversas endemias. O modelo de gestão da Saúde permite que as particularidades de cada região recebam atenção na hora de decidir ações e campanhas.

Órgãos Colegiados

 
Órgãos colegiados são aqueles em que há representações diversas e as decisões são tomadas em grupo, com o aproveitamento de experiências diferenciadas. São de caráter permanente e deliberativo, com funções de formular estratégias, controlar e fiscalizar a execução da política de saúde.
 

A Secretaria

 
A Secretaria de Saúde de Pernambuco é o órgão gestor do Sistema Único de Saúde no Estado. Sua missão, conforme o decreto do governador (Nº 32.823/08), “é planejar, desenvolver e executar a política sanitária do estado; orientar e controlar as ações que visem ao atendimento integral e equânime das necessidades de saúde da população; exercer as atividades de fiscalização e poder de polícia de vigilância sanitária; e coordenar e acompanhar o processo de municipalização do Sistema Único de Saúde”.
 

Imip é referência em transplantes de coração

O Imip, maior centro de transplantes de coração do Nordeste, conseguiu o feito inédito de ser o único hospital do Brasil a ultrapassar a marca de 100 transplantes em cinco anos de existência do serviço. Em Pernambuco, 1.215 pessoas aguardam na fila pela doação de órgãos. (TV Globo - NETV 2º edição - 24.03.17)

SES alerta sobre cuidados com a tuberculose

A coordenadora do programa de Combate à Tuberculose da SES alerta sobre a importância do diagnóstico e tratamento precoce

CT-PE reforça importância de doar órgãos

Pernambuco é referência em transplantes no Brasil, mas a fila de espera ainda é muito grande. Mais de 1.200 pacientes esperam por cirurgia, a maioria esperando por um rim (800). A coordenadora da Central de Transplantes de PE, Noemy Gomes, dá mais detalhes sobre o assunto. (TV Globo - NETV 1º Edição - 17.03)

Medula óssea: doador pode se cadastrar

Especialistas afirmam que o bom humor pode ajudar no tratamento de qualquer doença e a Globo foi conferir a história de Arthur, que saiu da cidade de Flores para fazer um tratamento contra uma doença grave no Hospital Português, no Recife. O jovem, apesar de tudo, não perde o bom humor e a esperança. Há nove anos, ele perdeu o irmão por causa da mesma doença e agora espera por uma doação de medula. A reportagem ainda foi ao Hemope para falar sobre a doação de medula óssea. Em Pernambuco, 21 pessoas esperam por uma doação.

Saúde organizada para a folia de Momo

A rede de assistência da Secretaria Estadual de Saúde (SES) está pronta para garantir o acolhimento aos pernambucanos, foliões e turistas que precisarem dos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) durante o período de Momo. Ao todo, 3.710 profissionais reforçarão os plantões nas urgências, emergências e maternidades de todo o Estado. A SES ainda promoverá atividades de vigilância em saúde durante o Galo da Madrugada, assim como ações educativas, Operação Lei Seca e distribuição de material informativo sobre a rede de saúde. O investimento total nas ações é de R$ 2,3 milhões.

Páginas