Últimas do Blog

Assistência às mães e aos bebês continua ocorrendo

Curso técnico em Vigilância em Saúde foi ofertado para trabalhadores da região

Unidade promove momento de diálogo para profissionais sobre Setembro Amarelo

Atende em Casa: veja municípios que recebem teleorientação e marcam exame pelo APP

Todos servidores aptos serão beneficiados com iniciativa

Republicação é referente à I Gerência Regional de Saúde

Certame contou com 1.657 vagas

Hospital Otávio de Freitas

Batizado inicialmente de Sanatório do Sancho, no bairro de Tejipió, a unidade é voltada para o tratamento de pacientes com tuberculose e outras doenças respiratórias. O hospital começou a ser construído ainda na década de 1940, durante o governo do in terventor Agamenon Magalhães, mas só foi fundado no dia 23 de janeiro de 1956.

 

Hospital Metropolitano Oeste – Pelópidas Silveira

O Hospital Metropolitano Oeste Pelópidas Silveira (HPS), inaugurado em 8 de dezembro de 2011,  é um dos hospitais mais modernos e especializados do País, incluindo a rede privada. A unidade é a primeira do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil a oferecer assistência médica, exclusivamente, nas especialidades de neurologia, neurocirurgia e cardiologia. Com 12.734 metros quadrados de área construída, o HPS custou R$ 109 milhões, entre obra física e compra de equipamentos.

 

Hospital Metropolitano Norte – Miguel Arraes de Alencar

Inaugurado em 15 de dezembro de 2009, o HMA foi o primeiro grande hospital de trauma construído na Região Metropolitana do Recife em 40 anos – o último havia sido o Hospital da Restauração, em 1969. Também foi o primeiro, na rede pública de saúde, a adotar o modelo de gestão via Organização Social (OS). Hoje, a instituição é responsável por mais de 2 mil atendimentos de emergência mensais.

 

Hospital Regional José Fernandes Salsa

Com capacidade de realizar mais de seis mil atendimentos por mês, o Hospital Regional José Fernandes Salsa, localizado no município de Limoeiro, pertencente à II Geres e atende à população de cerca de 30 municípios da Zona da Mata Norte.  Casos até média complexidade são atendidos no hospital.

 

Um dos destaques é a maternidade 24 horas, onde obstetras, pediatras e anestesistas de plantão recebem os pacientes por ordem de gravidade. A unidade também assiste outras cidades mediante indicação da Central de Regulação de Partos da SES.

 

Hospital João Murilo de Oliveira

Localizado a 40 quilômetros do Cabo de Santo Agostinho, o Hospital João Murilo de Oliveira recebe pacientes de todo o Estado. 
 
O nome da unidade foi uma homenagem determinada pelo senador de Vitória de Santo Antão, João Cleofás. Na construção do edifício, levantado já para ser o hospital, em janeiro de 1969, ele decidiu homenagear o filho João Murilo, falecido em um acidente de trânsito. Atualmente, a unidade é gerida pela Organização Social do Hospital do Tricentenário. O hospital foi inaugurado no dia 10 de janeiro de 1969.

 

Hospital Getúlio Vargas

Fundado há 62 anos, o Hospital Getúlio Vargas, no Cordeiro, é referência no Estado na área de ortopedia, realizando, mensalmente, mais de 2.700 atendimentos na emergência e outros 20 mil no ambulatório. Há mais de dez anos, o local é o único da rede estadual a contar com um programa de órtese e prótese, oferecendo à população cadeiras de rodas, de banho, muletas, próteses de membros inferiores e superiores, entre outros, além de possuir equipe multidisciplinar para o acompanhamento do paciente durante todo o período de adaptação aos dispositivos ortopédicos.
 

Páginas