Cometeu muitos excessos nas festas de final de ano e quer saber como desintoxicar? A nutricionista da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP), Paola Sousa, dá algumas dicas.

“O principal é investir na hidratação para favorecer a eliminação de toxinas. O excesso de comida, álcool e gorduras gera uma grande quantidade de radicais livres em nosso organismo que precisam ser extintas”, esclarece.

De acordo com Paola, é importante priorizar uma alimentação à base de verduras, legumes, frutas (especialmente com casca) e líquido, em especial sucos naturais e água de coco. “Nesse momento é bom evitar carne vermelha, açúcares, laticínios, farinha [o que inclui as massas] e produtos industrializados. Invista em alimentos frescos”, recomenda.

Uma boa alternativa é incluir os chás na dieta. “Os de hibisco e chá verde, por exemplo, estimulam a queimar de gordura corporal, regulam o intestino e combatem a retenção de líquido”, acrescenta. Outra dica é alcalinizar o sangue, deixando-o menos ácido e o organismo mais equilibrado. “Por ser altamente alcalinizante, o limão com água, em jejum, é um bom aliado. Tomar limonada ao longo do dia também produzirá o mesmo efeito”, aponta.

Por fim: “Retome a rotina de exercícios”. Quando maior for a porcentagem de massa magra no organismo, maior e mais rápida será a perda calórica. É importante estar ciente de que o ideal é não fazer o detox por muito tempo, pois cortar alimentos deve ser uma decisão tomada em conjunto com um especialista. “O segredo é manter hábitos saudáveis e uma alimentação balanceada sempre”, finaliza.