A Secretaria Estadual de Saúde (SES) inaugura, nesta segunda-feira (07/02), às 11h, a nova unidade da Farmácia de Pernambuco do Sertão do São Francisco, localizada em Petrolina. O órgão, que funcionava de forma improvisada e fora dos padrões da Anvisa, foi totalmente reformado, garantindo melhor atendimento para os mais de mil pacientes, vindos de 22 municípios, assistidos pelo programa de medicamentos.

“A farmácia funcionava desde 1998 em um quarto dentro da Geres, onde atuavam seis pessoas. Agora, foi construído um consultório, sala de espera, espaço para estoque e foram contratados mais um farmacêutico e dois auxiliares”, Sérgio Antunes, gerente de Administração e Organização da Farmácia de Pernambuco. Segundo ele, a expectativa é, com a nova estrutura, passar de mil para 3 mil pacientes beneficiados.

A Farmácia funciona na sede da VIII Gerência Regional de Saúde (Gere) – Petrolina, na Rua Fernando Góes, S/N – Centro, de segunda a quinta, das 7h às 17h, e sexta das 7h às 16h.

A gerente da Farmácia em Petrolina, Rosalva Perazzo, conta que a unidade foi uma das primeiras a funcionar no sistema da descentralização, e que começou a atuar com 60 pacientes. “Hoje, somos referência dentro da linha de cuidados para atendimento integral do nosso público”, atesta. Ela ainda lembra que os pacientes de hemodiálise recebem a dispensa dos medicamentos em duas clínicas da cidade.

PROGRAMA – O programa Farmácia de Pernambuco beneficia, atualmente, 27 mil pacientes em todo o Estado com 147 tipos de medicamentos para doenças raras ou cujo tratamento é de alto custo, como esquizofrenia refratária, epilepsia, insuficiência renal crônica, transplantados, cânceres, Parkinson, Doença de Alzheimer e Fibrose Cística. É um dos programas com maior volume de investimento por parte do Governo de Pernambuco, com a aplicação de mais de R$ 100 milhões por ano. Atualmente, há farmácias em Recife, Caruaru, Arcoverde, Garanhuns, Petrolândia e Petrolina. As unidades de Limoeiro e Afogados da Ingazeira serão inauguradas neste primeiro semestre.

PRINCIPAIS PATOLOGIAS - Transplantes, Insuficiência Renal Crônica, Asma Grave, Epilepsia Refratária, Hepatites B e C, Esquizofrenia Refratária, Osteoporose, Artrite Reumatóide, Endometriose, Doença de Parkinson, Doença de Alzheimer, Fibrose Cística, Esclerose Múltipla, Psoríase, Puberdade Precoce, Miomas, Deficiência de Hormônio de Crescimento, Retocolite, entre outros.

PRINCIPAIS MEDICAMENTOS - Acitretina, Alfacalcidol, Alendronato de Sódio, Azatioprina,Beclometasona, Bromocriptina, Budesonida, Calcitonina, Calcitriol, Carbegolina, Ciclosporina, Clozapina, , Danazol, Deferoxamina, Desmopressina, Donepezil, Dornase, Entacapona; Etanercept, Enzima Pancreática, Eritropoetina, Filgrastima, Fludrocortisona, Formoterol, Formoterol + budesonida, Gabapentina, Glatiramer, Goserelina, Hidroxicloroquina, Hidróxido de Ferro, Hidroxiuréia, Imiglucerase, Imunoglobulina Humana, Infliximab, Interferon, Isotretinoína, Lamivudina, Lamotrigina, Leflunomide, Leuprolida, Levodopa/benserazida, Levodopa 250mg/carbidopa, Levotiroxina, Mesalazina,  Micofenolato, Octreotida, Olanzapina, Penicilamina, Pramipexol, Quetiapina, Raloxifeno, Risperidona, Ribavirina, Riluzol, Risperidona, Rivastigmina, Salbutamol, Selegelina, Sevelamer, Sirulimus, Somatotrofina, Sulfassalazina, Tacrolimus, Tolcapone, Topiramato, Toxina Botulínica, Vigabatrina, Ziprasidona.