Os profissionais de saúde da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) e do Hospital Dom Malan estão recebendo a dose de reforço (3ª dose) da vacina contra a Covid-19. As unidades integram a rede estadual de saúde no sertão do Estado e têm como meta concluir a vacinação do público alvo até a próxima sexta-feira (15).

Serão imunizados, neste momento, quem concluiu o esquema vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos seis meses — exceto os imunossuprimidos, que são pacientes que têm HIV ou pessoas que passaram por algum transplante. Esse público pode receber o reforço se tiver completado o esquema vacinal há pelo menos 28 dias.

A terceira dose foi recomendada por especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, o Ministério da Saúde autorizou a aplicação da dose de reforço de uma das vacinas da Pfizer, AstraZeneca ou Janssen em idosos com mais de 60 anos, pessoas com o sistema imunológico enfraquecido e profissionais de saúde.

Em Pernambuco, o governo anunciou no dia 1º de outubro a aplicação para trabalhadores da saúde e para o público em geral a partir dos 60 anos. O esquema vacinal é considerado completo quando a pessoa toma duas doses dos imunizantes CoronaVac, Pfizer/BioNTech ou AstraZeneca/Fiocruz, ou a dose única da vacina da Janssen. A vacinação tem contribuído para diminuir os índices de contaminação em todo o mundo.

No Dom Malan a terceira etapa da vacinação começou no dia 11 e hoje (13) teve início na UPAE. “Vacinas salvam vidas. E é sobre isso”, reforça a coordenadora geral da Unidade, Grazziela Franklin, que esteve nessa tarde supervisionando o processo de imunização.

No HDM, a vacinação também segue a todo vapor e a coordenadora de enfermagem espera bater 100% da meta, assim como nas primeiras etapas. “A intenção é proteger e garantir a imunização de todos os nossos profissionais”, finaliza Fátima Michelle.