Às vésperas do carnaval, o Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista, mobilizou funcionários nesta quinta-feira (20) para esclarecer e conscientizar sobre o novo Coronavírus e as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Em mais uma atividade promovida pelos setores de Educação Permanente, Serviço Social, Psicologia e Núcleo de Epidemiologia (NEPI), o objetivo, desta vez, foi informar colaboradores para o atendimento e o encaminhamento em casos suspeitos de Coronavírus, e alertar usuários para as ISTs que normalmente surgem nesta época do ano, com a ausência do sexo seguro.

A ação teve início com uma palestra do cirurgião Petrus Andrade Lima, coordenador de Educação Permanente do HMA, dentro do Projeto Café com Segurança. Mais de 40 funcionários dos setores de Emergência e Classificação foram convidados e estiveram presentes ao auditório, onde as informações sobre o novo vírus foram passadas. Petrus Lima fez questão de advertir que não existem casos de Coronavírus confirmados no Brasil e, portanto, não há motivos para alarmes. “O profissional de saúde que trabalha nos setores de entrada do usuário no HMA, como Emergência e Classificação, deve ter tranquilidade no momento que receber alguém com sintomas que se assemelham à doença e fazer perguntas básicas, como se veio da China ou se teve contato com alguém que chegou de lá. A partir da resposta é que vamos tomar as medidas necessárias, como notificação e encaminhamento para as unidades autorizadas”, explicou o coordenador.

Após o treinamento para funcionários foi a vez dos usuários receberem informações. Um grupo fantasiado, de funcionárias dos setores de Educação Permanente, NEPI, Serviço Social e Psicologia, realizou uma palestra sobre as ISTs – Infecções Sexualmente Transmissíveis para acompanhantes de pacientes internados na Clínicas Médica e Cirúrgica. A enfermeira Kátia Giselly, do NEPI, a assistente social Fabíola Souza e a psicóloga Évora Hempe repassaram informações sobre os tipos de infecções e formas de transmissão, rede assistencial e ajuda psicológica para pessoas infectadas. Panfletos e preservativos masculino e feminino também foram distribuídos. Ao final da palestra, o grupo seguiu pelo hospital, entregando material sobre ISTs.

UPAs - Nas unidades de pronto atendimento que formam o Cinturão Norte de Saúde também houve ações de conscientização sobre Coronavírus e ISTs. Em Igarassu, o alerta ocorre desde o início do mês, com a participação de funcionários fantasiados para chamar a atenção dos usuários. Em Olinda também houve treinamento sobre o Coronavírus para colaboradores e distribuição de material sobre ISTs para pacientes e acompanhantes. Na UPA de Paulista, a distribuição de material também chegou aos leitos dos pacientes das áreas verde e amarela.