Prosseguindo com a política de humanização, o Hospital Mestre Vitalino (HMV), em Caruaru, lança, nesta sexta-feira (05/06), o Projeto Cine Pipoca. O objetivo é que pacientes e acompanhantes dos setores de oncologia e neurologia possam assistir a filmes regionais e nacionais a fim de melhorarem a autoestima. O projeto está sendo promovido pela Comissão de Humanização do HMV e será utilizado complemento do tratamento clínico.
 
Participarão os pacientes que tiverem condições clínicas, avaliados, anteriormente, por uma equipe multiprofissional formada por médicos, enfermeiros, nutricionistas, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos e assistentes sociais. O primeiro filme a ser exibido será a comédia O Auto da Compadecida. A unidade ofertará, durante a sessão, lanche saudável e pipocas.  
 
Para o oncologista e membro da Comissão de Humanização, Selem Brandão, o projeto traz benefícios como a diminuição do estresse e ansiedade dos pacientes e acompanhantes. “Essas pessoas passam longos períodos dentro da unidade hospitalar, dependendo da patologia tratada. Logo, isso gera estresse e ansiedade. O Cine-Pipoca, além de propiciar o acesso à cultura através de filmes educativos e motivacionais, melhora o humor e as relações interpessoais. Já para os trabalhadores da unidade, otimizam o acolhimento humanizado que é o que o HMV busca priorizar. Esse é apenas o início de tantos projetos de humanização que vamos implementar no HMV”, destacou Brandão.
 
Em breve, a ação será estendida a outras alas do hospital. 
Conteúdo Relacionado