O dia 15 de Maio é um dia de alerta, trata-se do Dia Nacional de Combate às Infecções Hospitalares. Esta data se complementa com o anterior dia 05, quando temos a passagem do Dia Mundial da Higienização das Mãos. Para vivenciar estas duas datas do calendário da saúde, a UPAE Garanhuns realizou entre seus colaboradores uma atividade especial, mostrando a importância da correta higienização das mãos, principalmente no ambiente hospitalar. 

"A lavagem das mãos é a medida mais simples e eficaz para prevenir doenças. No caso das unidades hospitalares, a higienização é imprescindível.". Afirma a enfermeira Michelle Torres, da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar da UPAE.  

A coordenadora de enfermagem, Tayana Guerra, supervisionou as atividades que contou com colaboradores da assistência direta aos pacientes da UPAE. "As pessoas devem ter o hábito de lavar as mãos várias vezes ao dia, e os que trabalham com atendimento em saúde devem ter uma atenção ainda maior, evitando infecções e contribuindo para a segurança e a qualidade do serviço", afirma a coordenadora.  

HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS  

Medida individual simples, de baixo custo, que previne a propagação das Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS). O termo engloba a higienização simples, antisséptica, fricção antisséptica e a antissepsia cirúrgica das mãos.

As IRAS se apresentam como um grave problema de saúde pública no país, aumentando a morbidade e a mortalidade entre os pacientes, além de elevar custos dos hospitais.