A partir desta sexta-feira (1º.02), o Hospital Getúlio Vargas (HGV), localizado no bairro do Cordeiro, no Recife, está sob nova direção. Quem assume a gestão é o cirurgião geral Barto Nascimento, que atuou como estudante e residente na instituição, referência estadual em traumato-ortopedia. A diretora médica Thaís Almeida continua no cargo. A cerimônia de posse contou com a presença do ex-diretor Gustavo Souza Leão, do conselheiro do Cremepe André Dubeux e do secretário estadual de Saúde, André Longo.

Formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Barto Nascimento trabalhou durante 14 anos no Canadá, onde fez diversas especializações e atuou na área de cirurgia de trauma. O novo diretor afirma estar feliz ao voltar ao HGV após cerca de 15 anos. “Agradeço essa oportunidade, que todos sabem que é desafiadora. Aceitei essa missão pela vontade de fazer a diferença para quem mais precisa. O HGV exerce um papel fundamental na sociedade. Esse é um hospital de 65 anos, um idoso forte que, espero, estará na preferencial das ações da Secretaria”, disse.

O secretário estadual André Longo ressaltou que espera que “esse novo ciclo de quatro anos seja proveitoso, para que possamos buscar mais recursos e fazer os investimentos necessários no HGV, que, sem dúvida, será uma das prioridades da gestão por ser um grande patrimônio do nosso sistema de saúde”. Longo também parabenizou o ex-diretor Gustavo Souza Leão pelo empenho nos últimos quatro anos à frente da unidade hospitalar. “Ser gestor em tempos de crise é um grande desafio, por isso precisamos agradecer a Gustavo pelo seu trabalho e por todas as conquistas obtidas nesse período”, pontuou o secretário.

Entre as melhorias no Hospital Getúlio Vargas nos últimos anos está a reforma da clínica vascular e das UTIs, a inauguração do Centro de Infusão de Medicamentos Especiais e a aquisição de um novo tomógrafo e raio-X digital. Ainda foi inaugurada a primeira etapa da reforma da emergência, com 72 leitos, 44% a mais do que a anterior. A segunda etapa da reforma já está em curso e deve ser inaugurada nos próximos meses, totalizando 100 leitos.