Os médicos da urgência e emergência da UPA 24hs de Petrolina, no Sertão pernambucano, participaram esta semana de um treinamento sobre o exame Troponina Cardíaca T, através do método de eletroquimioluminescência, utilizado para o diagnóstico avançado do Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), que passará a ser utilizado pela Unidade. Para tirar dúvidas sobre a nova tecnologia de alta sensibilidade para o infarto, foi convidado o Diretor da Unidade de Emergência do Instituto do Coração de São Paulo (Incor), Múcio Tavares de Oliveira Júnior. 

A oportunidade surgiu através de uma parceria com o Laboratório Lacesp, que presta serviço à UPA 24hs, entre outros hospitais e serviços de saúde da região. “Nós resolvemos promover esse encontro para atualizar os médicos clínicos quanto ao uso dos novos marcadores cardíacos. Desse modo, eles poderão analisar melhor os resultados da Troponina Cardíaca T, agilizando o diagnóstico do IAM, angina instável, miocardite e contusão cardíaca”, explica a gerente administrativa do Lacesp, Márcia Mangabeira.

De acordo com o diretor médico da Unidade, Elson Viana, os ganhos são muitos. “O perfil da nossa urgência e emergência é clínica, portanto, não dispomos de especialistas na UPA 24hs. Entretanto, nós recebemos muitos pacientes com queixa de dor torácica e precisamos prestar esse primeiro atendimento. Por isso, quanto mais suporte diagnóstico nós tivermos melhor. O momento é de comemorar a chegada da nova tecnologia que beneficiará, em primeira instância, o nosso usuário”, ressalta.

Os participantes aprovaram a iniciativa e agradeceram a oportunidade, como é o caso de Filipe Carvalho, plantonista da UPA 24hs. “Sou apaixonado por cardiologia, pretendo me especializar nessa área. Tive a honra de conhecer e participar desse treinamento com um dos grandes nomes da cardiologia no país, o Dr. Múcio Tavares, e acredito que essa novidade auxiliará o nosso dia a dia de trabalho. Assim, nós conseguiremos prestar um serviço ainda melhor à comunidade”, comemorou.