Fonte de luz e calor, fundamental para a vida, o sol pode também ser nocivo à saúde do corpo. Expô-lo de forma exagerada, sem nenhum tipo de proteção ou cuidado, pode trazer consequências funestas à saúde, a curto e a longo prazo, dizem os especialistas. Para os dias de Carnaval, onde o tempo de exposição é maior que o habitual, já que as brincadeiras ocorrem durante todo o dia nas ladeiras de Olinda, nas ruas do Recife Antigo ou em outros polos de festa, a atenção deve ser redobrada com a pele.
 
De acordo com a chefe do departamento de dermatologia do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP), Mecciene Mendes, a época é propícia para o descuido com a proteção solar, o que não pode ocorrer. Segundo ela, a exposição deve ser evitada entre o horário das 9h às 15h, quando a incidência de raios solares é maior. O filtro solar, fator de proteção acima de 50, precisa ser reaplicado a cada duas ou três horas ou sempre que for necessário. "O aglomerado de pessoas faz com que o corpo sue mais fazendo com que o filtro solar seja removido pela sudorese. Reaplicar o produto no rosto e pescoço também é essencial", comenta Mecciene.
 
Antes de sair de casa, o vestuário precisa estar adequado para a folia. Nesse quesito, as crianças devem receber atenção especial dos pais, pela delicadeza da pele. Não se pode esquecer de proteger a cabeça e os braços. A indicação é utilizar roupas com fotoproteção, abusar de viseiras, bonés e chapéus com abas largas. Apesar de xampus com foto protetor, os acessórios de cabeça são mais eficientes. "Tomar muita água também faz parte da proteção. Manter-se hidratado é fundamental para brincar com mais saúde os cinco dias de animação", pontua a especialista.
 
Com esses cuidados, pode-se evitar, a curto prazo, um quadro de insolação, desidratação, ressecamento da pele ou  queimadura de 1º e 2º grau. Segundo ela, o sol em excesso pode causar a imunossupressão, quando se reduz a atividade ou eficiência do sistema imunológico, o que pode acelerar as doenças infecciosas e agudas como herpes labial, entre outras. A longo prazo, o prejuízo pode ser ainda maior com o envelhecimento precoce da pele, manchas, redução da elasticidade, e predisposição aos cânceres.
 
CUIDADOS:
- Use sempre protetor solar. Aplique-o antes da exposição ao sol, principalmente entre os horários das 9h às 15h;
- Não esqueça de reaplicar o protetor. O ideal é usar filtros a prova d´água;
- Dê preferência ao fator solar acima de 50, independente da cor da pele;
- Invista em acessórios como bonés ou chapéus de abas largas e abuse do protetor labial.