O dia 15 de maio ficou conhecido como Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares, após ser instituído pelo Ministério da Saúde, em 23 de junho de 2008.  A data visa conscientizar, prevenir e reduzir os números de casos desse tipo de infeção no Brasil, que atinge geralmente o trato urinário e o sistema respiratório. Acredita-se que a higienização das mãos seja a forma mais eficaz e barata contra as infecções hospitalares. Segundo a OMS, se a medida fosse adotada corretamente os casos de infecção diminuiriam em 70%.

Na UPAE e no Dom Malan, ambos geridos pelo IMIP em Petrolina, o Núcleo de Educação Permanente e o Núcleo de Epidemiologia fazem trabalhos educativos e de conscientização com relação a essa e outras medidas. Como resultado, a UPAE conseguiu um índice de infecção hospitalar 20 vezes menor do que o preconizado pelo Ministério da Saúde. É bom lembrar que a higienização das mãos deve ser feita por todos os profissionais de saúde, visitantes e acompanhantes, visando o controle de doenças e a infecção cruzada.