O Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez aconteceu neste sábado (10) e a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) aproveita a data para fazer um alerta sobre os cuidados relacionados à saúde auditiva, muitas vezes negligenciada pela população, mesmo sendo uma das deficiências mais comuns no Brasil.

 

Em geral, as causas da surdez estão mais associadas à exposição prolongada ao excesso de ruído, que acomete as células do ouvido. Mas, também pode estar relacionada às questões genéticas, envelhecimento e bloqueios físicos.

 

Na UPAE Petrolina a entrada deste paciente no serviço acontece através do ambulatório com o otorrinolaringologista, que indica os exames a serem feitos na Unidade. Na maioria das vezes, os principais problemas podem ser diagnosticados através de exames simples, como os que são feitos na UPAE: Audiometria, Impedanciometria e Bera. Quando detectada alguma perda auditiva, o paciente volta para avaliação com o otorrino e este é encaminhado para o Centro Auditivo, que é a referência no município. 

 

Para prevenir perdas auditivas as pessoas precisam: ter prudência no uso de fones de ouvido; manter uma distância segura de caixas de som e/ou objetos ruidosos; usar os EPIs sempre que necessário; evitar o uso de produtos com cafeína na sua composição; beber bastante água; se alimentar e dormir bem; ficar atento ao zumbido no ouvido, pois este pode ser o primeiro sinal de perda auditiva.