Pernambuco amplia mais uma vez a população prioritária para a testagem da Covid-19. Além das pessoas com sintomas sugestivos da doença, sejam quadros leves ou graves, a partir desta sexta (11.09), poderão fazer o exame aqueles que tiveram contato domiciliar com casos confirmados do novo coronavírus, independente de estar apresentando sintomas. A iniciativa está sendo possível após a inauguração de um novo maquinário no Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), automatizando e quadruplicando a capacidade de processamento dos exames de biologia molecular (RT-PCR), considerado padrão ouro por ser mais sensível e detectar a atividade viral em sua fase mais aguda, ou seja, quando a carga de transmissão do paciente está mais alta.

"Dentro do processo de convivência com a Covid-19, a ampliação da testagem é ponto crucial para que possamos garantir um retorno seguro das atividades. A inauguração do novo parque tecnológico do Lacen, que automatizou o processamento dos exames moleculares de RT-PCR, nos coloca, hoje, em outro patamar com relação à testagem e será um dos legados desta pandemia para a virologia do Estado. Com isto, a partir desta semana, estamos publicando uma nova nota técnica que amplia a testagem para todas as pessoas que tiveram também contato domiciliar com casos confirmados da Covid-19", ressaltou o secretário estadual de Saúde, André Longo. 

 

O gestor afirmou que, no início da pandemia no Brasil, em fevereiro, o país inteiro tinha a capacidade de processar 2,7 mil exames por dia. Hoje, apenas no Lacen-PE, é possível analisar diariamente até 3 mil exames de RT-PCR. Importante lembrar que, inicialmente, a testagem era voltada para os casos graves e óbitos, além dos profissionais de saúde e segurança e seus contatos sintomáticos. Paulatinamente, a população beneficiada foi aumentando, chegando à atual realidade. 

Além de todos os casos sintomáticos e os contactantes domiciliares, outros grupos também são elegíveis à testagem. São eles: pacientes no pré-operatório de cirurgias eletivas, pacientes com indicação de tratamento oncológico, pacientes com indicação de internamento em UTI (com ou sem sintomas respiratórios), pacientes admitidos nos serviços de urgência e emergência com indicação de internamento hospitalar (com ou sem sintomas respiratórios), doadores e receptores de órgãos no pré-transplante, todas as gestantes no pré-natal (entre a 37º e 38º semanas de gestação) e recém-nascido e/ou feto morto cuja mãe seja um caso suspeito ou confirmado da Covid-19.

"Essa ampliação da testagem vai nos ajudar no monitoramento e também no controle da transmissão da doença, dando ainda mais segurança para os futuros passos", frisou o secretário.

Lacen-PE - Os novos equipamentos do Laboratório Central, de última geração e importados, fazem a extração do RNA das amostras do material biológico coletado e o processamento do exame de RT-PCR em si, automatizando esse processo e permitindo quadruplicar a capacidade de produção diária. Até o momento, dos 382.889 testes realizados em Pernambuco, 174.112 foram de biologia molecular. Do total de testes de RT-PCR, 143.910 foram processados no Lacen-PE e laboratórios conveniados/parceiros, representando 82,6% desse tipo de testagem. Os demais foram feitos na rede privada.