O ônibus Prevenção para Tod@s, da Secretaria Estadual de Saúde (SES), estará, nesta quarta-feira (19.04), ofertando exames gratuitos à população. O veículo ficará estacionado na praça em frente ao Pronto Socorro Cardiológico Universitário da Universidade de Pernambuco (Procape/UPE). Serão oferecidos testes de tracoma e de hepatite C. As atividades serão realizadas a partir das 8h, seguindo até às 13h. A capacidade é para o atendimento de cerca de 50 pessoas para cada agravo. Além disso, haverá distribuição de preservativos e material informativo sobre doença de Chagas, que teve seu dia mundial de combate celebrado em 14 de abril.

A ação conjunta terá a participação também da Associação Pernambucana dos Pacientes com Doença de Chagas, Ambulatório de Doença de Chagas e Secretaria Municipal de Saúde do Recife. A população poderá realizar aferição da pressão arterial, teste de glicemia - HGT, além da aplicação de vacinas (antitetânica - DT, tríplice viral e hepatite B). Palestras sobre as formas de controle e prevenção da doença de Chagas também serão realizadas por profissionais de saúde.

O tracoma é uma doença infecciosa ocular que acomete a conjuntiva e a córnea. Ela pode provocar cicatrizes que levam à formação de entrópio (pálpebra com a margem virada para dentro do olho) e triquíase (cílios em posição defeituosa nas bordas da pálpebra, tocando o globo ocular), e alterações na córnea que pode causar até a cegueira. Por meio do exame clínico, é possível fazer a detecção da doença. Em casos positivos, o paciente é encaminhado para fazer o tratamento no posto de saúde.

Já a hepatite C é uma doença infecciosa que afeta sobretudo o fígado e que pode ser aguda, mais raramente, ou crônica, mais frequentemente. Os sintomas são mal-estar geral, febre, problemas de concentração; queixas gastrintestinais, como perda de apetite, náusea, intolerância ao álcool, dores na zona do fígado ou o sintoma mais específico que é a icterícia (coloração amarelada da pele). A transmissão é, principalmente, por via sanguínea. Entre as formas de prevenção, estão o não partilhar escovas de dentes, lâminas, tesouras ou outros objetos de uso pessoal, nem seringas, além do uso correto da camisinha nas relações sexuais.