Nesta quarta-feira (1º/12), Dia Mundial de Luta Contra a Aids, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) ofertará testes rápidos de HIV e hepatites B e C na Praça do Viaduto Geraldo Melo, no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, dentro do projeto Prevenção para Tod@s. As testagens serão feitas a partir das 8h até as 11h30, garantindo todo o sigilo do atendimento, sem a necessidade de agendamento prévio. O objetivo da ação é acolher o público e fazer a detecção de possíveis casos positivos daqueles indivíduos que evitaram procurar os serviços de saúde por causa das restrições provocadas nos períodos mais críticos da pandemia da Covid-19. Com isso, será possível ofertar a linha de cuidado necessária para o tratamento de cada paciente.

"Diversos serviços ambulatoriais tiveram restrições por causa da pandemia da Covid-19 e a testagem rápida das infecções sexualmente transmissíveis também sofreu um impacto. Neste Dia Mundial de Luta Contra a Aids, queremos reforçar com a população a importância de fazer o exame, garantindo uma detecção precoce e o tratamento adequado para cada tipo de doença, possibilitando, assim, a quebra da cadeia de transmissão. É importante destacar que, durante o processo da testagem, damos todas as orientações necessárias para o usuário e garantimos todo o sigilo do atendimento. Os casos positivos também já são encaminhados para dar continuidade à assistência na rede de saúde", afirma a gerente do Programa Estadual de IST/Aids/Hepatites Virais da SES-PE, Camila Dantas.

Na campanha deste ano, o Programa está levantando o lema da #PrevençãoSemPreconceito, para trabalhar os estigmas que ainda permeiam a temática. "Quando falamos de preconceito contra o HIV/aids, trazemos uma bagagem de outros preconceitos que são associados às pessoas que vivem com o vírus. Desestigmatizar pessoas que vivem com o HIV/aids é uma estrada na qual seguimos caminhando. Por isso, nossa missão nas ações de testagem, para além do diagnóstico, está em informar sobre a infecção e traçar um plano de prevenção que se adéque às diversas formas de dar e sentir prazer, construindo junto com o usuário a melhor maneira para que suas relações sexuais sejam mais seguras", ratifica Camila.

A gestora ainda informa que, comparando os dados do ano de 2019 com 2020, houve uma redução de 28,7% nos casos de HIV e 22,4% nos de aids. Contudo, os dados precisam ser analisados com cautela, justamente pelas restrições impostas pela pandemia. "Os casos de aids estão em diminuição em Pernambuco desde 2014. Já os de HIV, que começaram a ser computados a partir de meados de 2014, vinham em uma crescente. A diminuição da ocorrência, principalmente de HIV, pode ser um reflexo de uma menor testagem, sendo imprescindível estimularmos que a população procure os serviços para afastar uma infecção ou ter o seu diagnóstico. Também precisamos continuar estimulando práticas sexuais mais seguras, com o uso do preservativo peniano ou vaginal combinado com outros métodos preventivos possíveis, como a profilaxia pré ou pós-exposição", reforça a gerente.

Além das ações itinerantes do projeto Prevenção para Tod@s, a população pode fazer a testagem das IST de rotina em postos de saúde, Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) e por meio de parcerias com organizações da sociedade civil. Os casos positivos são referenciados para a rede especializada, como os Serviços de Atenção Especializada em HIV/Aids (SAE).

DADOS

HIV

2018 - 3.314

2019 - 3.705

2020 - 2.638

2021* - 2.178

AIDS

2018 - 1.125

2019 - 956

2020 - 741

2021* - 527

ÓBITOS AIDS

2018 - 536

2019 - 522

2020 - 489

2021* - 396

* Dados até 1º/11/2021