Nesta última quarta-feira (28/11), a II Macrorregião de Saúde (Caruaru) sediou, no auditório da Associação Caruaruense de Ensino Superior e Técnico, o primeiro dos quatro encontros da III Mostra Pernambucana de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde (DANT-PS), contando com a participação de sete profissionais das IV e V Geres, Caruaru e Garanhuns, respectivamente, e de 53 profissionais de municípios, com apresentação de 7 experiências de 3 municípios (Agrestina, Canhotinho e Garanhuns).

O evento tem o objetivo de motivar os profissionais do Sistema Único de Saúde, de municípios e das Gerências Regionais de Saúde (Geres), a compartilharem as experiências por eles desenvolvidas nessa área. O terceiro ano de realização da Mostra fortalece a articulação entre a Secretaria-Executiva de Vigilância em Saúde (SEVS/SES-PE), as Gerências Regionais de Saúde (Geres) e a Superintendência de Atenção Primária à Saúde, por meio da Gerência de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde (GVDANTPS), da Diretoria-Geral de Promoção, Monitoramento e Avaliação da Vigilância em Saúde (DGPMAVS).

Como nos anos anteriores, as experiências apresentadas são votadas por todos os participantes do evento, numa ficha de avaliação, de acordo com os seguintes critérios: Reconhecimento do território; Sustentabilidade; Reprodutibilidade e se contemplaram outros Princípios da Promoção da Saúde, além dos mencionados nos quesitos anteriores, sendo premiadas três experiências em cada Macrorregião de Saúde.

Foram premiados os municípios de Cachotinho (1º colocado, com a experiência “Impactos da Implantação do NEP (Núcleo de Educação Permanente) da rede de saúde do município”; e 2º colocado, com a experiência “Projeto Circo do Zé Gotinha: proteção e diversão, você encontra aqui!”) e Garanhuns (3º colocado, com a experiência “A Notificação como percurso para direitos e cuidados: Diagnóstico Territorial em Saúde Mental”).

A título de premiação, as três experiências mais votadas receberam uma declaração indicativa da colocação alcançada e uma muda da planta Boca de Leão (nome científico: Antirrhinum majus), identificada pela equipe da GVDANTPS devido ao simbolismo dessa flor, que remete à cumplicidade e ao cuidado com o outro, de forma que remete à missão e ao compromisso das práticas no Sistema Único de Saúde (SUS). Portanto, contemplar como prêmio o significado das flores remete à produção, renovação e atualização do “fazer” saúde, que necessita o constante cuidado e comprometimento dos gestores e profissionais.

Outro destaque da III Mostra de DANT-PS foi a apresentação, pela equipe técnica da Coordenação de Promoção da Saúde do Cordel “Apague essa ideia”, alusivo à cessação do tabagismo; e, pela equipe técnica da Coordenação de Vigilância de Acidentes e Violência, do jogo Vai-e-Vem com temática de prevenção de acidentes de transporte terrestre. Esses materiais, e outros do elenco de Vigilância de DANT e Promoção da Saúde produzidos pela SES, foram distribuídos aos representantes dos municípios presentes no evento e estão disponíveis aos interessados em incluir em suas programações de saúde propostas de ação/atividades de vigilância, prevenção e promoção da saúde. 

Nas demais Macrorregiões de Saúde do Estado, a III Mostra ocorrerá nos dias 30/11 (I Macro: Recife); 04/12 (III Macro: Serra Talhada) e 13/12 (IV Macro: Petrolina).