O secretário estadual de Saúde, André Longo, se reuniu na manhã desta sexta-feira (05.07) com membros da diretoria administrativa do Real Hospital Português (RHP). Na pauta do encontro, o fortalecimento da parceria entre as instituições para assistência aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e a expectativa de avanços na oferta de serviços e formação de novos profissionais. Receberam o secretário, o provedor Alberto Ferreira da Costa, o 1º vice-provedor, Alberto Ferreira da Costa Júnior, e o 2º vice-provedor, Joaquim da Costa Amorim. 

O primeiro lugar visitado foi a Ambulatório de Beneficência Maria Fernanda, espaço destinado ao acompanhamento de pacientes hipertensos, diabéticos e asmáticos, atuando na prevenção e promoção da saúde. Já o edifício Santo Antônio, espaço voltado para o acompanhamento dos pacientes do SUS, conta com serviço de hemodiálise, com 60 leitos, e atua como retaguarda para cirurgia vascular dos hospitais da Restauração e Getúlio Vargas, atuando em casos de trombose venosa e isquemia crítica. Nessa unidade também são realizados transplantes de medula óssea, coração, fígado e rim. As comitivas da SES e do RHP também visitaram a UTI nefrológica, quimioterapia e internação vascular. Por último, o atendimento voltado para os pacientes de oncologia.  

“Muito nos alegra ter essa parceria longeva com o Português, e queremos que, cada vez mais, se estreite, tanto na ofertando serviços aos pernambucanos quanto na formação de nossos profissionais. Para sustentabilidade do SUS, se faz necessário o fortalecimento da parceira com instituições sérias. Enfrentamos o desafio de melhor acolher esse usuários, mas Pernambuco segue na dianteira na busca pela qualificação e no investindo próprio em saúde, com 16% da receita corrente líquida injetada na área”, afirmou o secretário André Longo.    

 

O provedor do RHP, Alberto Ferreira da Costa, destacou a missão social do Português e o direito de acesso à saúde. “Nossa equipe está agradecida e comprometida com o desempenho e parceria junto à SES. Salientamos que temos em nossa missão garantir tratamento integral de todos os nossos pacientes”, disse. “É muito bom poder escutar do secretário estadual de saúde a importância que nossa unidade representa para os pernambucanos e também em relação ao atendimento ao paciente do SUS”, destacou o 1º vice-provedor, Alberto Ferreira da Costa Júnior.  

Também participaram da reunião, representando a SES, os executivos de Atenção à Saúde, Cristina Mota, e de Regulação em Saúde, Giliate Coelho Neto; a diretora geral de Assistência Integral à Saúde, Giselle Fonseca; e o chefe de Gabinete, Gustavo Monteiro. O grupo do Real Hospital Português contou com a presença do diretor médico, Cristiano Hecksher; do Relações Institucionais, Guilherme Robalinho;  da gerente SUS, Luciene Melo; e da diretora do Instituto de Ensino e Pesquisa, Maria do Carmo Lencastre.