O Hospital São Sebastião (HSS), em Caruaru, no agreste pernambucano, já está funcionando com 40 leitos ativos. Em apenas 50 dias, desde a sua reabertura pelo Governo do Estado, no último dia 31 de agosto, o equipamento da rede estadual, com perfil para média e alta complexidade em clínica médica, já recebeu 123 pacientes e contabilizou 69 altas hospitalares. A resolutividade chega a 90% dos casos. Com o intuito de verificar o acolhimento e a assistência prestada aos pacientes, o secretário estadual de Saúde, Iran Costa, realizou, na manhã desta quinta-feira (18.10), visita técnica à unidade. Além de conferir o atendimento, conversar com profissionais de saúde e gestores, autorizou a instalação do serviço de hemodiálise e deu início à elaboração de projeto para que a unidade atue como cenário de prática para estudantes da área da Saúde, em diversas modalidades.
 
"O Hospital São Sebastião vem cumprindo, integralmente, o cronograma de implantação dos serviços. Na inauguração, a unidade passou a funcionar com 20 leitos de clínica médica. Atualmente, estamos com 40 leitos. Dentro desse planejamento, utilizado internacionalmente para estruturação da unidade, com a integração dos serviços e dimensionamento da demanda, até o final deste mês o São Sebastião estará em sua plena capacidade, com 56 leitos em funcionamento. Também aproveitei a oportunidade para me reunir com a direção do Hospital para a unidade iniciar o planejamento para atuar como campo de prática de ensino, beneficiando os estudantes da área de Saúde", ressaltou o secretário Iran Costa. Uma pesquisa de satisfação realizada com acompanhantes e pacientes apontou que 99% de avaliações foram positivas, definidas como "ótimo" e "bom" pelos participantes.
 
O Hospital São Sebastião funciona como unidade de retaguarda destinada a pacientes encaminhados pelos hospitais de alta complexidade da região, principalmente do Hospital Regional do Agreste (HRA). A unidade conta, em sua estrutura, com sala de estabilização, Laboratório de Análises Clínicas, Serviços de Apoio ao Diagnóstico e Terapia voltados para o atendimento da demanda interna, com a oferta de exames de radiologia convencional, ultrassonografia, eletrocardiografia endoscopia. A unidade conta com médicos na especialidade de clínico geral, radiologia, endoscopia, ultrassonografia, cardiologia, neurologia e nefrologia. Além de profissionais da área de assistência social, bioquímica, nutrição, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e terapia ocupacional.
 
ONCOLOGIA - Aproveitando a passagem por Caruaru, o secretário anunciou a inauguração do Centro de Oncologia do Hospital Mestre Vitalino (HMV) para o mês de novembro deste ano. O espaço contará com 36 leitos e realizará cirurgias oncológicas, além da aplicação de quimioterapia. O Centro será referência para a população da II Macrorregional de Saúde, que engloba 53 municípios do Agreste Pernambucano.