As secretária executivas de Coordenação Geral, Ana Cláudia Callou, e de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde, Ricarda Samara, participaram, na manhã desta terça-feira (26.12), de reunião para avaliação da Operação Lei Seca (OLS) em 2017, além do início do planejamento para 2018. Os dados foram apresentados pelo coordenador executivo da Operação, o tenente-coronel Fábio Bagetti. 
 
Com seis anos de existência, completados no último dia 1º.12, a Lei Seca já abordou mais de 2 milhões de condutores, Desse total, cerca de 40 mil pessoas (1,8%) foram autuadas por cometeram infração por alcoolemia, quando há a constatação do consumo de bebida, incluindo os crimes, ou a recusa ao teste do bafômetro.