Na manhã desta quarta-feira (12.06) aconteceu, na sede do Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (Cefospe), mais uma reunião ordinária do Conselho Estadual de Saúde (CES). No encontro, o secretário estadual de Saúde, André Longo, que também é presidente do Conselho, conduziu a agenda com a apresentação das três novas turmas do curso de Especialização em Saúde Pública, com início previsto para o mês de agosto; a premiação do Concurso Cultural realizando durante a 9ª Conferência Estadual de Saúde, uma parceria das secretarias estaduais de Saúde (SES) e Educação e CES; e um balanço avaliativo da 9ª Conferência, realizada no último mês de maio. 

A diretora geral da Escola de Governo em Saúde Pública de Pernambuco (ESPPE), Célia Borges, apresentou aos participantes a proposta do novo curso de Especialização em Saúde Pública. Para formação podem participar os gestores e técnicos municipais e estaduais das doze regiões de saúde. A especialização contemplará 120 alunos com aulas de agosto deste ano até setembro de 2020. As inscrições para docentes e discentes estão em andamento.  

A reunião ordinária abriu espaço também para valorização das produções artísticas dos estudantes da Rede Estadual de Ensino. Na ocasião foram entregues as premiações para os estudantes das categorias desenho, fotografia e vídeo. Para participar, os concorrentes tiveram que produzir materiais com o tema “Saúde Não é Favor. É Direito”. A iniciativa buscou a promoção do debate e a reflexão sobre a saúde enquanto direito universal e do Sistema Único de Saúde (SUS) como conquista da sociedade brasileira.  

 

Durante a entrega, o secretário André Longo, parabenizou os vencedores e destacou o papel do Conselho e da Secretaria no estimulo a educação permanente. “Cada vez mais buscamos melhorar a educação em saúde em nosso Estado, e um ponto muito importante nesse processo foi inserir os estudantes para pensar sobre saúde pública”, disse.  

Sobre a realização da 9ª Conferência Estadual de Saúde, Longo se surpreendeu com o sucesso e alcance do evento. “A nossa Conferência foi um sucesso e uma representação do esforço coletivo para criar um espaço de qualificação do debate sobre o SUS. Mostramos mais uma vez que Pernambuco tem história de luta e vanguarda pela saúde pública”, completou.  

CES - O CES é um órgão colegiado permanente, paritário e deliberativo, com funções de formular estratégias, controlar e fiscalizar a execução da política estadual de saúde. O órgão também possibilita a participação da sociedade na gestão do SUS, permitindo que usuários do sistema integrem o Conselho. O Conselho ainda acompanha e contribui para o fortalecimento dos Conselhos Municipais de Saúde.