Em 2012, foi iniciada ação para identificar e tratar problemas oculares que acometem alunos matriculados nas escolas estaduais, além dos professores e funcionários da rede. Intitulada Projeto Boa Visão, a iniciativa pretende beneficiar 762 mil pessoas, sendo 726 mil estudantes dos ensinos fundamental e médio e 35 mil profissionais, distribuídos nas 1.112 escolas que compõem a rede estadual de educação. Estão sendo oferecidas consultas oftalmológicas e, constatando a necessidade, a entrega de óculos corretivos. Por período de um ano, serão investidos R$ 8,6 milhões para colocar em prática o plano, encabeçado pelas secretarias estaduais de Saúde (SES) e Educação (SE).
 
No projeto, serão contempladas escolas distribuídas nas 12 regionais de saúde e em 184 municípios de Pernambuco, além de Fernando de Noronha. Ao todo, serão oferecidas 253 mil consultas, onde são realizados exames de tonometria, que mede a pressão sanguínea do olho, e de fundoscopia, para analisar o fundo do globo ocular. Alunos, professores e funcionários que precisarem de cirurgias oftalmológicas serão encaminhados aos centros de referência do SUS.
 
Em cada Regional de Saúde, professores e funcionários das escolas são capacitados para realizar a triagem dos alunos no próprio ambiente escolar. Eles receberem informações sobre os principais agravos que acometem a visão e, nos casos suspeitos, eles poderão encaminhar os estudantes para consultas oftalmológicas.
 
Conforme estudos feitos pela SES, do público previsto no projeto, cerca de 30% dos alunos triados precisarão de consultas oftalmológicas, fora os 100% dos professores e funcionários que já terão a consulta garantida. De todos os consultados por oftalmologistas, 62% devem ter indicação para usar óculos, o que significará a entrega de 157.161 óculos em toda a rede. Todos os óculos serão fornecidos pelo Lafepe.
 
Projeto Boa Visão
Coordenadora: Mayra Ramos
Telefone: (81) 3184.0573

Aplicativos

Nenhum documento para download encontrado.