O Hospital Metropolitano Sul Dom Helder Camara, no Cabo de Santo Agostinho, teve uma manhã diferente nesta sexta-feira (24/12), com o governador Eduardo Campos visitando as alas da unidade para desejar um feliz Natal aos pacientes e funcionários. Acompanhado do vice-governador, João Lyra, e do secretário estadual de Saúde, Frederico Amancio, Campos fez questão de cumprimentar a todos, sempre com alguma mensagem para alegrar ainda mais a véspera de Natal. Na enfermaria de cirurgia cardíaca, ele fez questão de brincar com o paciente Genivaldo Cabral da Silva, que trocou a artéria aorta. “Quero vê-lo jogando futebol”, conversou Campos.

Após percorrer o hospital, Campos reuniu os prefeitos de 14 municípios da Mata Sul para fazer a entrega de 22 ambulâncias, um auxílio na busca por “uma melhor estruturação do Sistema Único de Saúde no nosso Estado”. Os municípios foram contemplados por causa das perdas ocorridas e da situação de emergência após as enchentes do último mês de junho. “Trabalhamos em conjunto com as prefeituras durante todo este período para reestruturar a nossa rede. Também é preciso destacar o empenho dos secretários municipais de Saúde durante todo o planejamento e execução das ações”, frisou o secretário de Saúde, Frederico Amancio.

VEÍCULOS – As ambulâncias irão para as cidades de Palmares (4 veículos), Água Preta, Barreiros, Cortês, Gameleira, São Benedito do Sul (cada uma receberá 2 unidades), Amaraji, Catende, Correntes, Jaqueira, Maraial, Primavera, Quipapá e Xexéu (1 unidade para cada município). Elas vão auxiliar na remoção e transferência de pacientes, e melhorar a rede de urgência e emergência dessas localidades.

DOM HELDER – Inaugurado no dia 1º de julho de 2010, ele foi o segundo grande hospital construído no Governo Eduardo Campos - em dezembro de 2009, havia começado a funcionar o Hospital Miguel Arraes, em Paulista. Em 2011, será entregue à população o Hospital Pelópidas Silveira, no Curado.

Com 160 leitos (sendo 28 de UTI), o Hospital Dom Helder oferece atendimento de urgência em traumato-ortopedia, clínica médica, cardiologia clínica e cirúrgica. Por mês, a unidade realiza 1,5 mil atendimentos de emergência e 2,5 mil consultas.