O Hospital Regional do Agreste (HRA) inaugurou a primeira unidade de Serviço de Verificação de Óbito (SVO) do interior de Pernambuco, na tarde de hoje (30/12). A abertura do SVO contou com a participação dos secretários Estaduais de Saúde e de Defesa Social, Frederico Amancio e Wilson Damázio, além de representantes das polícias Civis, Científica, e do Corpo de Bombeiros. Também esteve presente o vice-governador, João Lyra, que agradeceu a dedicação dos gestores presentes nesses quatro anos. O setor começa suas atividades nesta sexta-feira (31/12).

O SVO investiga causas de óbitos que não estejam claras para os médicos, e ajuda no direcionamento de políticas públicas de Saúde, identificando doenças ou agravos que poderiam passar despercebidos. “A importância dessa inauguração é que ela também faz parte da ampliação do Hospital Regional, oferecendo um ambiente de trabalho adequado para profissionais de uma unidade que é referência para cerca de dois milhões de habitantes”, destacou o secretário Estadual de Saúde, Frederico Amancio.

O SVO funcionará junto com o Instituto de Medicina Legal (de Caruaru), vinculado à Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), e que há 12 anos atuava na estrutura do próprio HRA. Como a natureza do trabalho de ambos os serviços é semelhante, a nova estrutura é ideal para as investigações de perícia da polícia. “Somos duas secretarias atuando de forma integrada. A Saúde construiu o prédio e a Defesa Social mobiliou o espaço”, destaca o secretário da SDS, Wilson Damázio. “A expectativa para esse novo serviço é que sejam realizadas cerca de 5 mil perícias no próximo ano, tanto pelo SVO quanto pelo IML”, concluiu.

DESCENTRALIZAÇÃO - O atendimento de SVO só é realizado com o consentimento e presença da família. Antes, era preciso se dirigir ao Recife, mas a nova unidade facilita o acesso para os moradores de 80 municípios da macrorregional Caruaru. Em 2009, 11,3% dos óbitos não tiveram causa definida, um total de 1.846 óbitos. Além de Caruaru, a expectativa é de que, em 2011, a macrorregional Petrolina também passe a contar com uma unidade. Em seu quadro, o SVO contará com 5 médicos patologistas, 5 auxiliares de necropsia, 5 assistentes sociais e 2 auxiliares administrativos. O serviço funciona das 7h às 19h, de segunda a sexta.

ESTRUTURA – Construído em uma área de 700 metros quadrados, ao lado do HRA, o novo SVO conta com recepção, sala de serviço social, laboratório, sala de necropsia e equipamentos como microscópios, raio-x, câmera fotográfica e câmara fria (com capacidade para armazenar até quatro corpos). Cerca de R$ 556 mil foram investidos na construção do espaço, fora o valor dos equipamentos.

DESPEDIDA – O evento também marcou a despedida do secretário Estadual de Saúde. Frederico Amancio, que ocupará a vice-presidência do Porto de Suape, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, deixa a pasta da Saúde após alcançar conquistas históricas para o Estado. “Só nesse ano (2010), foram 20 inaugurações, entre Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), novos Hospitais Regionais e outros serviços de Saúde”, destaca Amancio. Há 40 anos, Pernambuco não inaugurava um novo hospital para ampliar o atendimento aos usuários do SUS.