A Rede Pernambucana de Laboratórios (RPELAB) conta com 149 unidades cadastradas no seu sistema on-line. Por meio desse programa, profissionais de todo o Estado podem enviar os resultados de suas análises para o Laboratório Central de Pernambuco (Lacen). Entre outras doenças e agravos que compõem essas análises estão a dengue, hepatites, HIV e rubéola.

Para discutir as conquistas da rede e traçar novas metas, o Lacen realiza, nesta quinta (09/12) e sexta-feira (10), II Fórum de avaliação da Rede Pernambucana de Laboratórios, Hotel Orange, em Itamaracá. Participam do encontro cerca de 150 convidados, entre secretários municipais de Saúde, representantes de laboratórios e das Vigilâncias Ambiental, Epidemiológica e Sanitária.

“Hoje, não é mais possível que os laboratórios trabalhem sem o sistema de controle de qualidade”, frisa a gerente de Projetos Especiais e Avaliação da Qualidade do Lacen, Valéria Ferreira, sobre uma das atribuições da Rede, que avalia amostras para acompanhar a execução desse serviço. A RPELAB ainda é responsável por capacitar as equipes dos laboratórios.

O Lacen estima que existam cerca de 280 laboratórios atuantes no Estado. Os interessados em se cadastrar na Rede devem acessar o site www.lacen.saude.pe.gov.br/cadastro, onde é possível descrever a equipe, serviços oferecidos e equipamentos disponíveis. Podem se inscrever laboratórios públicos, privados e conveniados ao SUS.

INTEGRAÇÃO – O Gerenciamento de Ambiente Laboratorial (GAL) é o nome do programa que interliga os laboratórios ao Lacen. Os profissionais disponibilizam os resultados das suas análises nesse sistema on-line e enviam amostras para o Laboratório Central, que faz o controle de qualidade e divulga, também no GAL, os resultados dos testes. Quando as amostras enviadas não são suficientes para essa avaliação, o Lacen solicita mais material do laboratório. Hoje, 43 unidades já utilizam o programa.

Serviço
II Fórum de avaliação da Rede Pernambucana de Laboratórios
Quinta (09/12) e sexta-feira (10), das 8h30 às 17h
Hotel Orange, em Itamaracá