O palco não diferencia artistas e pacientes. Essa é a lei do Rock da Tamarineira, que pelo 9º ano integra a comunidade do Hospital Psiquiátrico Ulysses Pernambucano com o público recifense em geral. No primeiro dia do evento, nesta quarta (15/12), a animação ficou por conta da banda The Playboys, organizadora do festival, que objetiva desmistificar alguns conceitos de loucura e buscar áreas alternativas para a produção cultural.
 
“Esse é um evento terapêutico tanto para o público, que também tem suas loucuras, quanto para os pacientes, que são retirados do seu isolamento”, disse a cantora Catarina dee Jah, terceira atração do dia, sendo antecedida pela produtora cultural e DJ Allana Marques. A prova da afirmação foi a paciente Denise da Silva, que dançou, cantou no palco e fez questão de dizer que estava gostando muito dos shows.
 
A diretora da unidade, Benvinda Siqueira, exaltou a banda The Playboys pela persistência em manter o evento no calendário cultural da cidade e o valor terapêutico da iniciativa. “A doença fragiliza os laços relacionais, vai inibindo o indivíduo. O tratamento e a arte trazem novas perspectivas, não deixando as emoções dos pacientes cristalizarem”, pontuou.
 
PROGRAMAÇÃO – O Rock da Tamarineira continua nesta quinta (16/12) e sexta-feira (17/12), começando sempre às 9h. O evento, aberto ao público, terá, ainda as bandas Keps (SP), Matalanamão e Ave Sangria. O festival tem o apoio do hospital e, pela primeira vez, há o patrocínio do Sistema de Incentivo à Cultura (SIC) da Prefeitura do Recife.
 
HISTÓRICO – Durante as oito edições anteriores do Rock na Tamarineira, 18 bandas apresentaram-se no festival. Entre elas Fogo Morto, Volver, Rádio de Outono, Tanga de Sereia, Canivetes, Le Bustier en decadance, Mula Manca e a Triste Figura e Backing Ball Cats Barbies vocals, Eddie e Johnny Hooker Candeias Rock City. Todos são considerados nomes expressivos da música independente pernambucana, cena contemplada pelo Rock na Tamarineira no incentivo à expressão artística original. Também é assimilada na programação a identificação musical dos próprios internos, que já assistiram ao show do Roberto Carlos Cover e, a pedidos, n este ano receberão o arrastão de frevo da orquestra 100% Mulher.
 
Programação:
Quinta-feira (16/12)
Keps (SP)
Matalanamão
 
Sexta-feira (17/12)
Ave Sangria
Orquestra 100% Mulher (arrastão)
 
Hospital Psiquiátrico Ulysses Pernambucano
Avenida Rosa e Silva, 2.130, Tamarineira – Recife/PE
Fone: (81) 3182.9900