Por meio do FormaSUS, lançado no segundo semestre de 2012, estudantes da rede pública de ensino e bolsistas integrais da rede particular ganharam o direito a formação integral e gratuita em cursos de graduação ou técnicos profissionalizantes na área de saúde. Os jovens foram aptos a ingressar em cursos de medicina, enfermagem, odontologia, radiologia, técnico de análises clínicas, entre outros, de diversas instituições privadas. O objetivo do projeto é ampliar a formação de profissionais qualificados para o Sistema Único de Saúde (SUS), além de possibilitar a inclusão social de jovens de baixa renda.
 
O programa surgiu da necessidade de regulamentar a contrapartida, por parte das instituições privadas, à Rede Estadual de Saúde, que oferece mais de 3 mil vagas de estágio curricular obrigatório aos alunos. Esses assistem a aulas e aprendem na prática as atividades desenvolvidas em hospitais, UPAs e laboratórios e nos mais diversos programas. A quantidade de vagas abertas no FormaSUS se deu pelo seguinte cálculo: a cada dez vagas que uma instituição privada solicitar para estágio curricular no SUS, uma bolsa integral deverá ser criada para alunos da rede pública, equivalente a 10%.
 
Os cursos técnicos são nas áreas de enfermagem, radiologia, farmácia, citopatologia, análises clínicas e imobilizações ortopédicas, em 41 centros de ensino privados que aderiram ao Programa. Já os cursos de nível superior, disponíveis em 18 instituições, são em medicina, enfermagem, nutrição, fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, farmácia, biomedicina, serviço social e psicologia. Entre 2012 e 2013, foram 131 bolsistas de nível superior e 276 de nível médio.
 
FormaSUS
Fone: (81) 3184.0030