Diretoria-Geral de Educação em Saúde



A Diretoria Geral de Educação na Saúde tem a missão de planejar e regular a formação de profissionais para o SUS em articulação com as Instituições formadoras, e promover a Educação Permanente em Saúde considerando as necessidades de saúde da população, referenciada no fortalecimento da regionalização e apoio aos municípios. A Diretoria está organizada da seguinte forma: Gerência de Desenvolvimento Profissional, Coordenação de Integração Ensino-Serviço, Coordenação Geral de Residências em Saúde. As ações desenvolvidas por meio da Diretoria apresentam os seguintes objetivos:
• Promover a integração entre as áreas de saúde e educação, visando orientar a formação dos trabalhadores de saúde para o SUS PE.
• Integrar a capacidade pedagógica dos Serviços de Saúde com as Instituições de Ensino a fim de potencializá-los como espaços de aprendizagem profissional na perspectiva da educação permanente, constituindo a Rede SUS Escola PE.
• Articular processos formativos a partir das necessidades de saúde da população e da organização dos serviços e do Sistema Único de Saúde em parceria com as Instituições formadoras, especialmente a Escola de Governo em Saúde Pública de Pernambuco.
• Implementar as ações e diretrizes da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde no Estado, por meio das Comissões de Integração Ensino Serviço – CIES.
• Desenvolver a aperfeiçoar a Política Estadual de Residências em Saúde.

A Política Estadual de Educação Permanente em Saúde tem o compromisso com a transformação das práticas de saúde, na perspectiva da aprendizagem significativa. A Política está institucionalizada por meio das Comissões de Integração Ensino-serviço (CIES), com participação da gestão, instituições formadoras, profissionais de saúde e controle social, de forma regionalizada e articulada às Comissões Intergestoras Regionais (CIR). A Diretoria tem o papel de apoiar a estruturação e desenvolvimento das CIES e dos Planos de Ação Regional para Educação Permanente em Saúde (PAREPS), a partir das necessidades de formação nas 12 Regionais de Saúde de Pernambuco.

A Política Estadual de Residências em Saúde apresenta como principais diretrizes a gestão descentralizada, a regionalização e interiorização dos programas e articulação dos campos de prática em rede, com ampliação anual dos investimentos. No que concerne à formação de especialistas para a rede de saúde de Pernambuco na modalidade residência, a Coordenação Geral de Residências em Saúde é responsável pela gestão do processo de seleção unificada da Residência Médica e Residência em Área Profissional da saúde, acompanhamento e apoio para o desenvolvimento das atividades de aprendizagem em serviço, além do financiamento das bolsas de Residência. A coordenação de integração ensino serviço tem como objetivo ordenar a formação de profissionais para o SUS, por meio das práticas de estágio curricular obrigatório e não obrigatório e do fomento às ações de valorização do preceptor na Rede SUS Escola Pernambuco, em articulação com Instituições de Ensino Superior e Técnico.

Diretora-Geral de Educação em Saúde: 
Juliana Siqueira Telefone: (81) 3184.0031

 

Diretoria-Geral de Gestão do Trabalho

 

A Gestão do Trabalho em Saúde trata das relações de trabalho a partir de uma concepção na qual a participação do trabalhador é fundamental para a efetividade e eficiência do Sistema Único de Saúde. Compete a Diretoria Geral de Gestão do trabalho identificar as necessidades quantitativas e qualitativas dos trabalhadores das unidades de saúde do Estado, articulando entre as três esferas de governo o ordenamento de responsabilidades e a distribuição dos profissionais de saúde.

Desenvolve também ações que promovem a qualidade de vida, a segurança e a saúde do trabalhador, além da responsabilidade pela coordenação e supervisão, no âmbito da SES, da execução de atividades relacionadas com os sistemas de administração, movimentação, remuneração, benefícios dos servidores e gerência de todos os processos administrativos disciplinares. Entendendo ser o trabalho um processo de co-responsabilização, participa de negociações com os sindicatos das categorias profissionais envolvidas na área da saúde, respeitando os espaços de discussão e negociação das relações de trabalho em saúde.

Diretora-Geral de Gestão do Trabalho:
Rita Tenório Telefone: (81) 3184.0023

 

Biblioteca Nelson Chaves

A Biblioteca Nelson Chaves foi fundada pela antiga Fundação Amaury de Medeiros (Fusam), hoje Secretaria Estadual de Saúde (SES), em 1972. O nome foi dado em homenagem ao médico endocrinologista Nelson Ferreira de Castro Chaves, nascido em junho de 1906 no município de Água Preta, na Zona da Mata Sul do Estado. Atualmente, o espaço conta com mais de 3,5 mil exemplares de livros. São títulos relacionados a diversas áreas da saúde, biografias e alguns romances (como a coleção completa das obras de Shakespeare), livros antigos sobre medicina (alguns datam do século 19), revistas cientificas, periódicos, folhetos e monografias.

O horário de funcionamento da Biblioteca vai das 8h às 17h. Para ter emprestado algum exemplar do acervo, o funcionário – seja ele efetivo, temporário, comissionado, terceirizado, do nível central, regional e dos hospitais – deve procurar a biblioteca, preencher uma ficha de cadastro e apresentar comprovante de vínculo com a SES. O serviço é gratuito. ESTUDIOSO – Nelson Chaves fez uma série de estudos sobre os altos índices de desnutrição do Nordeste. Foi professor da Faculdade de Medicina do Recife, fundou em 1957 o Instituto de Fisiologia e Nutrição e, no mesmo ano, um curso de Nutrição na referida instituição de ensino. Realizou inúmeras pesquisas e produziu trabalhos notáveis na área de nutrição. Grande parte do acervo de livros produzidos pelo médico endocrinologista está disponível na Biblioteca Nelson Chaves.

 

Avaliação de Desempenho

 
A avaliação de desempenho vem assumindo papel de destaque na agenda estratégica das instituições, entre elas a saúde. Esta permite não apenas conhecer os resultados das intervenções e se os recursos empregados estão conseguindo atingir os objetivos propostos, mas também, favorece o aprendizado institucional trabalhando na perspectiva da melhoria contínua da organização.
 

Rede SUS Escola

A rede de serviços que compõe o Sistema Único de Saúde (SUS) constitui-se numa verdadeira escola de formação de profissionais de saúde (gestores, trabalhadores, estudantes) e do controle social. A construção dos espaços de ensinar e aprender na Rede SUS-Escola PE é possível por meio da integração de profissionais de saúde, estudantes, docentes e usuários, estabelecendo-se relações horizontais de cooperação entre os atores, e também se constitui em cenários de práticas pedagógicas e profissionais de natureza participativa.

Curso de Especialização em Saúde Pública passa por avaliação

Participaram da reunião docentes, coordenadores e diretoria da ESPPE

Seminário marca encerramento do 1º ano de atividades de residentes

Programa Multiprofissional em Saúde Coletiva da ESPPE tem Ênfase em Gestão de Redes

SES tem esquema para comemorar o Dia Internacional da Mulher

Data é comemorada no Brasil e no exterior em dia 08 de março

SES inicia matrícula dos Residentes 2017

Candidatos precisam ficar atentos ao cronograma de matrículas

III Geres tem Curso de Aperfeiçoamento em Saúde Bucal

Aulas acontecem em Palmares e atendem a profissionais de saúde de seis municípios

ESPPE promove II Seminário do Curso em Hemoterapia

Apresentações foram realizadas por meio de dramatizações de conteúdos

ESPPE promove Café Literário para trabalhadores da Escola

Objetivo é despertar ainda mais o interesse pela leitura entre os usuários

I Seminário Científico de Enfermagem Obstétrica da ESPPE

Objetivo foi partilhar práticas consideradas cientificamente benéficas para o parto

Páginas

Subscrever RSS - Secretaria-Executiva de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde